Ibaneis manda o GDF espalhar mais de 5.400 novas lixeiras em todas as cidades do DF

 


Investimento de R$ 2,5 milhões do GDF vai cobrir instalação e manutenção dos equipamentos em todas as 33 regiões administrativas


Instalação das novas lixeiras começou nesta terça-feira (3) na Asa Sul. Foto: Paulo H Carvalho.

A limpeza de espaços públicos, como ruas e calçadas, ganhará um importante reforço: o GDF, por meio do Serviço de Limpeza Urbano (SLU), vai instalar 5.415 lixeiras em todas as 33 regiões administrativas. Depois, será a vez de Brazlândia e Candangolândia. Entre acomodação e manutenção dos novos equipamentos, o governo está investindo R$ 2,5 milhões. A colocação das lixeiras vai começar nesta terça (3) pelo Plano Piloto.

Os novos depósitos, tecnicamente batizados de papeleiras, são feitos de plástico, pintados na cor cinza, terão o logotipo do SLU, e serão fixados em postes, presos com uma alça metálica, ou em paredes.

Cada lixeira possui 74,5 cm de altura, 42,5 cm de largura e 32 cm de profundidade, com uma abertura de 31 cm x 9,5 cm para o descarte de objetos de pequeno porte, apresentando uma capacidade volumétrica de cerca de 1,5 litros.

As papeleiras já existentes, mas que apresentem desgastes ou danos físicos, além das que foram arrancadas em consequência de atos de vandalismo, serão substituídas pelas novas. Em outros locais, elas reforçarão as lixeiras já existentes, aumentando a oferta de equipamentos públicos próprios para o descarte correto de resíduos.

A primeira etapa da instalação das novos equipamentos vai contemplar paradas de ônibus, hospitais, escolas, pontos de encontros comunitários, quadras poliesportivas e praças, preferencialmente sendo colocadas em postes de iluminação pública. As outras fases vão incluir parques, áreas verdes, revisões em equipamentos públicos, atendimentos a áreas residenciais e solicitações oriundas da ouvidoria do GDF.

“Essa é mais uma conquista para a limpeza pública do DF. Há anos os cidadãos aguardavam essa notícia, pois as lixeiras atuais são muito antigas e estão sucateadas. É mais um passo no processo constante de aperfeiçoamento do serviço de limpeza urbana para toda a população”, comemorou o diretor adjunto do SLU, Rômulo Barbosa.

A iniciativa, além de reforçar a conscientização pelo descarte correto de lixo pelas ruas do DF, também tem potencial para gerar impacto ainda maior, como explica a assessora da Diretoria Técnica do SLU, Camila Lopes dos Santos. “Ter esse equipamento à disposição e sendo utilizado corretamente, nós podemos avaliar e reduzir os serviços de varrição pelos garis, gerando assim uma economia”, explica.

Equipes do SLU vão percorrer diversos pontos do Plano Piloto, principalmente Asa Sul e Asa Norte, para instalar as novas papeleiras em locais de ampla circulação de pessoas, como a W3 Sul, Rodoviária e os Setores Bancários Sul e Norte.

A administradora do Plano, Ilka Teodoro, comemora a iniciativa. “Instalação de lixeiras em área pública é reivindicação constante da população do Plano Piloto e importante instrumento de manutenção da cidade limpa e bem cuidada. Uma ação muito relevante do SLU”, ressalta.

A previsão do SLU é concluir a colocação das lixeiras em todas as regiões administrativas até fevereiro de 2021.





















Fotos: Paulo H Carvalho.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

0 comentários:

Postar um comentário