Ibaneis anuncia um novo viaduto e a duplicação da DF-001 na altura do Jardim Botânico



O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), anuncia R$ 30 milhões em investimentos para melhorar o fluxo diário de cerca de 40 mil veículos de pelo menos cinco RAs




O governador Ibaneis Rocha anunciou obras importantes para a região do Jardim Botânico: a duplicação da DF-001 e a construção de um viaduto nas proximidades do balão da Escola de Administração Fazendária (Esaf). O anúncio foi feito nesta quarta-feira (16).

"Anunciamos mais uma obra que vai valorizar essa região e salvar vidas, que é a duplicação deste trecho de estrada. Vamos iniciar a licitação, estamos aguardando a última licença"Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal

O investimento estimado é de R$ 20 milhões para a obra de arte, enquanto a duplicação da DF-001 gira em torno de R$ 10 milhões. Além do Jardim Botânico, moradores do Paranoá, Lago Sul, Mangueiral e São Sebastião também serão beneficiados. No local, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), circulam diariamente cerca de 40 mil veículos.

"Anunciamos mais uma obra que vai valorizar essa região e salvar vidas, que é a duplicação deste trecho de estrada. Vamos iniciar a licitação, estamos aguardando a última licença. Também estamos em fase de licitação do balão da Esaf e vamos fazer o Espaço Multiuso do Jardim Botânico", disse o governador Ibaneis Rocha.

Nesta semana, o Brasília Ambiental emitiu a autorização ambiental para a construção do viaduto nos entroncamentos da DF-001 com a DF-027 e a DF-035, no Jardim Botânico. As obras, por estarem localizadas em rodovias, serão tocadas pelo DER e têm a previsão de gerar mais de 100 empregos.

"A duplicação visa melhorar o acesso aos diversos condomínios às margens da DF-001. A pista terá ciclovia e uma extensão de cinco quilômetros. Já o viaduto do entroncamento da Esaf vem para acabar com um grande gargalo no trânsito e trazer fluidez para uma das regiões que mais crescem no DF. Hoje, a DF-001 é duplicada até o balão da descida da Ponte JK e depois segue em pista única até a barragem do Paranoá. Com a duplicação nós vamos resolver isso", explica Fauzi Nacfur Júnior, diretor-geral do DER/DF.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

0 comentários:

Postar um comentário